SUGESTÃO DE PAUTA | EXPEDIENTE 19 de Julho de 2019

bar-3432.pngCidades Segunda-feira, 01 de Julho de 2019, 07h:40 - A | A

"TIRO PELA CULATRA"

Após ser alvo de ataques, blogueira de Cuiabá viraliza na internet

Laura Chagas iniciou a nova carreira de digital influencer há dois meses e já 66,8 mil seguidores no Instagram

image

“Quem nasceu para ser pedreira, nunca será blogueira”. Foi com essa legenda que um grupo de “haters” atacou a digital influencer Laura Lima Chagas, de 33 anos. No entanto, o cyber bullying foi fracassado e acabou dando destaque ao trabalho da blogueira iniciante, que hoje tem 66,8 mil seguidores. Os ataques começaram há cerca de dois meses, quando um perfil falso no Facebook publicou uma foto da digital influencer, que é natural de Boa Vista (RR) e mora em Cuiabá há sete anos, fazendo um serviço de pedreira. Antes de tentar ser blogueira, Laura já trabalhava como vigilante em uma escola municipal de Cuiabá. Como parte das suas funções, está fazer serviços de manutenção predial que vai desde trocar uma lâmpada até aplicar massa corrida na parede. “Divulgaram a minha imagem sem eu saber, tentaram me humilhar. Pegaram uma postagem minha e escreveram outra legenda. Eu fiquei super triste, muito magoada, eu chorei. Ficaram compartilhando a minha foto com homens respondendo, escrevendo coisas horríveis”, relembrou. Ela conta que uma amiga se comoveu com a situação e mandou sua história para um perfil no Instagram. Foi quando Laura passou a ganhar inúmeros seguidores que se solidarizaram com a situação. “Aí a foto viralizou e deu no que está hoje. O tiro saiu pela culatra. Tentaram me diminuir, mas fizeram eu ficar famosa, crescer no Instagram, ser reconhecida”, afirmou, com muito bom humor. Esta não é a primeira vez que fazem uso indevido da imagem da blogueira fitness. Laura revelou que fizeram uma montagem com uma foto dela antes de fazer a cirurgia bariátrica e outra depois de ter perdido peso. A montagem foi divulgada em diversos classificados de Cuiabá, além de grupos no Facebook, para vender um chá que prometia emagrecimento rápido. “Quem me conhece sabe que eu fiz a cirurgia bariátrica, não tem nada de chá. Eu denunciei para o Facebook e imediatamente a pessoa que estava usando a minha imagem para vender chá seca barriga foi excluída”, explicou a digital influencer.  Luta contra a balança DivulgaçãoA imagem que foi divulgada em um perfil falso do FacebookOutra coisa que chamou a atenção dos seguidores foi a batalha que a blogueira enfrentou para emagrecer e chegar a produzir conteúdo de vida saudável. Laura contou que sempre teve compulsão por doces e massas e esteva muito acima do peso. Ela chegou a fazer reeducação alimentar, academia, caminhada, corrida, mas nada dava certo. “Como eu fazia tratamento para emagrecer, eu emagrecia, mas depois engordava tudo de novo”, relatou. A blogueira também contou que sempre era alvo de piadas de mau gosto por ser gorda. Ao andar na rua, no ônibus ou ao comprar roupas, Laura disse que ouvia comentários incômodos. “Eu sofria bastante quando era gordinha, o famoso bullying. Era piada na rua, passava por algumas situações constrangedoras, como ir comprar uma roupa na loja e vendedora falar alguma coisa”, revelou. Além disso, após dar à luz, há seis anos, ela desenvolveu diabetes e também passou a notar outros problemas de saúde devido ao sobrepeso. “A época que eu engordei mais mesmo foi quando tive a minha filha, eu estava com 26 anos. Como eu cheguei ao auge, começou a dar problema nos joelhos. Aí tudo começou a piorar: pressão alta, diabetes, dores no corpo, dores na coluna, mas principalmente as dores no joelho”, relembrou Laura. Há três anos, Laura fez a cirurgia bariátrica metabólica. Além de resolver os problemas com peso, a cirurgia também é indicada para o tratamento de diabetes. Mas não foi muito fácil de ser convencida. Ela disse que tinha preconceito com o procedimento. “Eu mudei de ideia porque entendi que é uma coisa muito séria. Fui pesquisar, aceitar, estudar e acabei fazendo. A bariátrica não é milagre. Se você não se ajudar, você engorda tudo de novo”, afirmou. Depois da bariátrica, Laura conheceu uma nova vida. A digital influencer passou por uma nova reeducação alimentar, controlou a compulsão por doces e massas, passou a fazer academia e treinar corrida. Antes de fazer a cirurgia, a blogueira pesava 87 kg e hoje está com 48 kg. Alair Ribeiro/MidiaNewsA blogueira planeja se profissionalizar para otimizar seus conteúdos para a internet Carreira na internet Laura contou que sua filha faz parte de um grupo de blogueiras mirins de Mato Grosso e, em um dos encontros, estava conversando com as mães quando foi incentivada a ser tornar digital influencer também. “Conversando com as mães dessas blogueiras, eu fui contar a minha história, que eu sou uma ex-gordinha. Aí elas falaram: ‘Laurinha, por que você não vira blogueira?’. O incentivo veio assim”. Com isso, há dois meses, ela começou a publicar fotos de antes e depois de emagrecer até que viralizou. “Eu comecei tudo agora, estou bem crua ainda. Tenho o nicho fitness com dicas, receitas, falar sobre reeducação alimentar, motivação de mulheres. Eu tenho três tipos de seguidores, que são o pessoal bariátrico, o pessoal fitness e as donas de casa”, explicou. Até se tornar famosa, a blogueira trabalhava durante a madrugada como vigilante. Agora, ela reduziu a carga horária para os finais de semana, feriados e pontos facultativos para tentar conciliar com a nova profissão. A família de Laura ainda acha tudo novo, porém não mede esforços para apoiá-la na nova profissão. A digital influencer também tem recebido muito carinho dos seguidores. “Quando alguém posta no meu Instagram qualquer coisa negativa ou algo estranho, as próprias seguidoras já se doem e até atacam quem comentou. Elas já me defendem absurdamente”. Ela contou que já tem mais de 5 mil mensagens não lidas ainda de seguidores, empresas e jornalistas. Laura se queixou da falta de tempo para ler tudo o que recebeu e conseguir responder todo mundo. “Têm jornalistas entrando em contato, tem lojas entrando em contato. Aí é questão mesmo de sentar, avaliar, analisar cada parceria conforme o meu nicho. Já estou tendo umas propostas de parceria. Aconteceu tudo muito rápido”, disse. Como ainda está no início, ela também pretende se profissionalizar para aperfeiçoar seus conteúdos para o Instagram. “Eu quero me profissionalizar, quero fazer cursos, para eu realmente aprender a mexer com a internet, com o Instagram. Estou aprendendo ainda”, afirmou a blogueira. 

Imprimir


Comentários


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



MAIS LIDAS



Como você avalia a gestão do governador Mauro Mendes

PARCIAL

VÍDEOS LEIA MAIS

(65) 3028-2825

contato@cuiabamais.com.br

icon facebook icon twitter icon instagram