SUGESTÃO DE PAUTA | EXPEDIENTE 21 de Julho de 2024


Cotidiano Segunda-feira, 24 de Junho de 2019, 09:02 - A | A

24 de Junho de 2019, 09h:02 - A | A

Cotidiano / EM UM DIA

Cinco casos de violência contra mulher são registrados no interior

Vítimas foram agredidas e ameaçadas com armas de fogo por companheiros



Cinco casos de violência doméstica foram registrados pela Polícia Militar neste sábado (22). As vítimas foram ameaçadas por seus companheiros com armas de fogo e agredidas com capacete e puxões de cabelo.

 

Em Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá), uma mulher acionou a PM após ser agredida pelo companheiro. Ela ficou com escoriações no braço direito. Conforme seu relato, ela está com o homem há três anos, mas que só há alguns meses as discussões iniciaram. Nesta ocasião, ele ingeriu bebida alcoólica e chegou em casa alterado.

 

 

Ele, então, utilizou um capacete para agredi-la e puxou seus cabelos. Quando soube que a vítima acionou a Polícia, ele fugiu do local. Por meio de suas características, contudo, os militares conseguiram encontrá-lo a duas quadras do local do crime. Ele foi encaminhado à delegacia para providências cabíveis.

 

Também em Rondonópolis, militares foram acionados por vizinhos em decorrência de um caso de agressão contra mulher. No local, contudo, encontraram as luzes apagadas. Na segunda tentativa, ela saiu a porta acompanhada pelo suspeito. 

 

Ela negou as agressões, mas os policiais notaram que ela estava com lesões aparentes pelo corpo. Com isso, o suspeito foi detido. 

 

Em Porto Alegre do Norte (a 1.125 km de Cuiabá), uma mulher chegou com ao hospital regional com uma lesão na cabeça causada por seu marido. Segundo seu relato ela estava em uma festa com o homem, até que houve uma briga por ciúmes.

 

Ela conseguiu derrubá-lo para se defender da agressão, contudo, ele a acertou com um capacete na testa. Ele fugiu, mas os policiais conseguiram detê-lo. Ele estava em posse de uma arma de calibre 22. 

 

Já em Alta Floresta (a 791 km de Cuiabá) uma mulher acionou os policiais ao encontrar seu marido sentado no sofá em posse de uma arma de fogo. Ela relatou que teve uma discussão com o suspeito e saiu de casa, mas quando voltou com suas crianças ele estaria a ameaçando.

 

Ela então saiu de casa outra vez e acionou a PM. Ele fugiu, mas os militares o encontraram em um terreno baldio em posse do revólver. Ele foi detido por porte ilegal. 

 

Em Várzea Grande, na baixada cuiabana, uma mulher acionou os militares acusando seu ex-marido de tê-la agredido. Conforme seu relato, ele queria levar a filha do casal para sair, mas sem seu consentimento.

 

Ele então deferiu socos contra ela e a agarrou pelo pescoço. Ela apresentou hematomas nos braços, na face e na perna. Suspeito foi detido e encaminhado à delegacia.      

 
 


Comente esta notícia


65 98119-2325

[email protected]

icon facebook icon twitter icon instagram