SUGESTÃO DE PAUTA | EXPEDIENTE 14 de Junho de 2024


Geral Quarta-feira, 06 de Dezembro de 2023, 18:41 - A | A

06 de Dezembro de 2023, 18h:41 - A | A

Geral / Economia

Depois de fechar fábricas no Brasil, Ford aumenta vendas e lucra

A companhia informou ter lucro na parcial de 2023, além de registrar crescimento de 40% em suas vendas.

Terra Brasil Notícias
CUIABÁ MAIS
www.terrabrasilnoticias.com



Nesta terça-feira, 5, a montadoraFord fez um balanço de sua operação. A companhia informou ter lucro na parcial de 2023, além de registrar crescimento de 40% em suas vendas.

Atualmente, a montadora de veículos não tem fábricas no país. A operação no Brasil passou a se dar por meio de importação de carros produzidos naArgentina.

Em janeiro de 2021, a empresa anunciou que iria parar de produzir veículosno Brasil. Uma das justificativas apresentadas foi o ciclo de prejuízos que tiveram no país.

 

Em 2020, as vendas caíram 37% em relação ao ano de 2019 — e a produção havia despencado 44% no período.

Além disso, de acordo com o presidente da operação da Ford na América do Sul, Daniel Justo, a empresa tem conseguido lucrar na região no decorrer dos últimos meses.

Centro da Ford no Brasil

Apesar de não produzir mais no Brasil, o país ainda conta com um centro de desenvolvimento de produto da empresa. A estrutura fica naBahia.

No centro, há 1,5 mil engenheiros e técnicos. Segundo Justo, 85% desses profissionais trabalham no desenvolvimento de produtos globais. A operação brasileira ganha, segundo ele, com a exportação desses serviços.

Apesar das previsões de analistas para o mercado brasileiro de veículos serem modestas, Justo está otimista em relação ao próximo ano. De acordo com ele, a Ford vai manter o ritmo de lançamentos e projeta alcançar crescimento de “dois dígitos”.

Além disso, a demanda pelo novo modelo da picape Ranger, produzida na Argentina, é uma das apostas da empresa.

A Ford informou, ainda, que a reversão da propriedade da fábrica de Camaçari (BA) foi finalizada “com êxito”. Isso quer dizer que, agora, o imóvel pertence totalmente ao governo da Bahia, que o ofereceu à chinesaBYD.



Comente esta notícia


65 98119-2325

[email protected]

icon facebook icon twitter icon instagram