SUGESTÃO DE PAUTA | EXPEDIENTE 22 de Junho de 2024


Mundo Domingo, 26 de Novembro de 2023, 07:17 - A | A

26 de Novembro de 2023, 07h:17 - A | A

Mundo / Geral

Tensão: China diz que navio de guerra dos EUA entrou em suas águas sem permissão

As forças militares estão mobilizando recursos navais e aéreos para monitorar e alertar o navio

Terra Brasil Notícias
CUIABÁ MAIS
www.terrabrasilnoticias.com



Os militares da China afirmaram neste sábado, 25, que o navio destróier norte-americano USS Hopper, uma embarcação de guerra, adentrou em águas territoriais chinesas sem autorização do governo.

Conforme uma publicação na conta oficial do WeChat do Comando do Teatro Sul do Exército de Libertação do Povo Chinês, as forças militares estão mobilizando recursos navais e aéreos para monitorar e alertar o navio.

Tensões entre o Mar da China

Essa informação surge depois de o gigante asiático acusar as Filipinas de recrutarem “forças estrangeiras” para patrulhar o Mar da China Meridional. Tratar-se de uma referência às operações conjuntas que filipinos e norte-americanos realizaram na terça-feira.

Em comunicado, os militares chineses ainda afirmaram que o incidente “comprova que os Estados Unidos representam um verdadeiro ‘criador de riscos de segurança’ no Mar da China Meridional”.

No início do mês, Estados Unidos e China mantiveram diálogos sobre questões marítimas.

O principal avanço da reunião foi a retomada do contato entre os setores militares de ambos os países, proporcionando a reabertura para que os líderes possam voltar a dialogar diretamente.

O fechamento unilateral por parte da China desses canais, em meio ao aumento das interceptações de navios e aviões americanos em zonas internacionais próximas de Pequim, representava uma das principais preocupações de Washington.



Comente esta notícia


65 98119-2325

[email protected]

icon facebook icon twitter icon instagram