SUGESTÃO DE PAUTA | EXPEDIENTE 25 de Julho de 2024


Polícia Segunda-feira, 29 de Julho de 2019, 09:22 - A | A

29 de Julho de 2019, 09h:22 - A | A

Polícia / PASSOU A MÃO

Advogada é abusada dentro da boate Valley; homem é preso

Suspeito teria mandado a vítima "dar seu preço" após ser repreendido; ele fez ameaças na frente da PM



Uma advogada identificada pelas iniciais E.P.L.C.S., de 34 anos, foi vítima de estupro na madrugada desta segunda-feira (29), dentro da boate Valley Pub, localizada na Avenida Isaac Póvoas, em Cuiabá.

 

A Polícia Militar foi acionada e prendeu o suspeito, de 21 anos, em flagrante ainda dentro da boate.

 

De acordo com o boletim de ocorrência, o episódio ocorreu por volta das 3h. A advogada relatou que estava com amigos, próximo ao palco, quando o suspeito se aproximou, segurou em sua cintura e, em seguida, passou a mão por baixo de seu vestido, tocando em suas partes íntimas.

 
 

 

Neste momento, a vítima conta chamou a atenção do rapaz, que de forma arrogante disse a ela “para que colocasse preço, que ele pagava”.

 

A advogada então foi até a coordenação da Valley e denunciou o ocorrido. Segundo ela, minutos depois o gerente apareceu e pediu a ela que "desculpasse  o suspeito, tendo em vista que ele não estava sabendo o que estava fazendo”, diz trecho do BO.

 

Inconformada, a vítima ligou para a PM, que o prendeu. Exaltado, o rapaz ameaçou a advogada ainda na frente dos policiais, afirmando que ela não sabia com quem estava mexendo.

 

Durante a confecção do boletim de ocorrência, o suspeito não falou seu nome verdadeiro, dando identidades falsas por várias vezes.

 

Ele foi autuado por estupro, ameaça e falsa identidade. O caso ainda deve ser investigado pela Polícia Civil.

 

A reportagem do MidiaNews tentou entrar em contato com os responsáveis pela boate Valley, mas não conseguiu resposta.



Comente esta notícia


65 98119-2325

[email protected]

icon facebook icon twitter icon instagram