SUGESTÃO DE PAUTA | EXPEDIENTE 21 de Julho de 2024


Poderes Terça-feira, 02 de Julho de 2019, 06:42 - A | A

02 de Julho de 2019, 06h:42 - A | A

Poderes / AGIU RÁPIDO

Criança salva bebê de queda de 3 metros de altura em MT; veja

Laís Bazanela, de 10 anos, amorteceu a queda da prima de um ano, que caiu de um escorregador



Um vídeo de uma criança de 10 anos salvando outra, de apenas um ano, de uma queda de três metros de altura em Juruena (a 893 km de Cuiabá) viralizou após a mãe de uma delas, que filmava o momento, postar na internet. O caso ocorreu no dia 30 de setembro, mas apenas se espalhou pela internet nesta semana.

 

No vídeo, é possível ver Laís Bazanela, de 10 anos, e a prima Eduarda Bazanela, na época com um ano, brincando em um escorregador construído no quintal da casa da avó. Em determinado momento, Eduarda despenca do brinquedo e é salva por Laís, que corre e consegue amortecer a queda da menina com o próprio corpo. (Veja o vídeo no final da matéria)

 
 

 

O vídeo foi divulgado pela mãe de Laís, Carla Angélica Bazanela, de 29 anos, após a repercussão de uma filmagem que mostra um homem salvando uma criança que caiu do segundo andar de um prédio em Istambul, na Túrquia. 

 

As imagens, feitas pela avó das crianças, chegaram a ser exibidas no Fantástico, na Rede Globo, neste domingo (30). Carla contou ao MidiaNews, que os familiares ainda ficam emocionados quando assistem ao vídeo.

 

"Na época, a avó delas gravou e mandou no grupo da família que temos no WhatsApp. Fiquei sabendo o que tinha acontecido só algumas horas depois. Ela [a avó] já tinha até apagado o vídeo do celular, porque ficava mal em assistir a cena. Mas quando vi uma postagem sobre o que aconteceu na Turquia, publiquei em uma página no Facebook que tinha uma história parecida na família e a filmagem acabou viralizando", contou. 

 

Carla Angélica Zambela/Arquivo Pessoal

QUEDA ESCORREGADOR

Mãe de Laís contou que as crianças convivem como irmãs

Laís e Eduarda passavam o dia na casa da avó no dia do acidente. De acordo com Carla, as meninas são criadas como irmãs e possuem uma ligação muito forte, razão pela qual Laís não pensou duas vezes antes de correr para salvar a menor. 

 

"Construímos uma casa na árvore para elas brincarem. Era algo que a Laís queria muito. Elas não estavam sozinhas na hora que a Eduarda caiu, mas foi tudo muito rápido. No dia, eles estavam ensinando a Eduarda a escorregar", disse. 

 

O vídeo mostra o momento em que Eduarda se prepara para escorregar e cai para fora do brinquedo. Laís vê a cena e corre até a prima, conseguindo evitar que a menor batesse diretamente no chão.

 

Conforme Carla, nenhuma das duas ficou machucada e Eduarda teve a cabeça amortecida na barriga da filha. 

 

"A Laís teve um pouco de dor na coluna só. Naquela época, a Eduarda pesava uns 11 kg e como a velocidade com que caiu foi muita, o impacto também foi muito forte. Mas elas não tiveram ferimentos graves", explicou. 

 

Carla também revelou que a família não gosta de imaginar o que poderia ter acontecido com Eduarda como consequência da queda de mais de três metros de altura. A menina, hoje com dois anos, foi muito "esperada" pelos familiares e chegou a ficar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), porque nasceu prematura e pesando apenas 850 gramas. 

 

"A Laís esperou muito pelo nascimento da prima, as duas não se desgrudam. A mãe da Eduarda também sofreu muito quando ela precisou ficar na UTI. Não gostamos de ficar pensando no que poderia ter acontecido", disse. 

 

Após o caso, a família reforçou as grades de segurança do brinquedo para evitar novos acidentes. 



Comente esta notícia


65 98119-2325

[email protected]

icon facebook icon twitter icon instagram