SUGESTÃO DE PAUTA | EXPEDIENTE 21 de Julho de 2024


Cotidiano Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2024, 05:20 - A | A

17 de Janeiro de 2024, 05h:20 - A | A

Cotidiano / RELACIONAMENTO

Amor, sexo ou dinheiro: o que é mais importante?

A capacidade de dispor de um bom poder aquisitivo pode auxiliar na construção de laços duradouros, é o que indica pesquisa em site de relacionamento

Imprensa MeuPatrocínio
CUIABÁ MAIS
[email protected]



Dentro de um relacionamento há diversos fatores que merecem atenção e prioridade. Nem só de intimidade emocional, amor, e sexo se sustenta uma relação. Embora o amor e o sexo sejam aspectos fundamentais na vida de qualquer pessoa, a importância do dinheiro não pode ser deixada de lado.
Isso é principalmente o que indica um levantamento do site de relacionamentos MeuPatrocínio.com, que realizou uma pesquisa com os seus usuários, onde 33% disseram que intimidade emocional é mais importante que o sexo, mas 47% afirmaram que a estabilidade financeira em uma relação é mais importante que a intimidade emocional e 81% de que o dinheiro é mais importante que o sexo. Ou seja, é inegável que o dinheiro pode delegar um papel crucial, senão o mais importante em uma relação.
Além disso, os participantes da pesquisa mostraram uma maior preocupação com a saúde mental e também em encontrar segurança e compreensão. Mas concordaram que o dinheiro leva a uma saúde mental estável e dá segurança. Dinheiro seria então a solução de todos os problemas?
Em uma realidade onde as demandas financeiras são constantes, o dinheiro muitas vezes se torna um fator determinante para a estabilidade e qualidade de vida. Nos últimos anos, o Brasil registrou uma alta em 16,8% em números de divórcios, a maioria deles, segundo os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por conta de problemas financeiros.
A capacidade de dispor de um bom poder aquisitivo pode auxiliar na construção de laços duradouros, é o que explica o especialista em relacionamentos do MeuPatrocínio, Caio Bittencourt. “Não podemos romantizar a falta de dinheiro em nenhum segmento. Na vida a dois isso se torna um fator ainda mais significativo, especialmente quando falamos de mulheres que se veem sem perspectiva de futuro por não terem um parceiro que as auxiliem, por isso acabam procurando homens bem sucedidos para ser o provedor financeiro da relação, o famoso Sugar Daddy”, afirmou.
“O dinheiro proporciona segurança, acesso às necessidades básicas, oportunidades de crescimento e realizações de desejos pessoais e profissionais. Enquanto o amor e o sexo oferecem satisfação emocional, o dinheiro desempenha um papel prático e objetivo, atendendo o que também é fundamental para qualquer pessoa. Por isso, é importante estar com alguém que se tenha uma boa conexão, mas não deixar de considerar que os problemas financeiros podem surgir no futuro se não houver atenção, e que com dinheiro, tudo fica mais fácil, inclusive o amor", concluiu Caio.



Comente esta notícia


65 98119-2325

[email protected]

icon facebook icon twitter icon instagram