SUGESTÃO DE PAUTA | EXPEDIENTE 25 de Junho de 2024


Entretenimento Sábado, 11 de Novembro de 2023, 05:28 - A | A

11 de Novembro de 2023, 05h:28 - A | A

Entretenimento / Famosos

Eduardo Costa É Absolvido Em Processo De Estelionato Na Venda De Mansão Milionária

Acusado e processado por suposto estelionato, o cantor sertanejo Eduardo Costa recebeu parecer favorável na Justiça em primeira instância

Movimento Country
CUIABÁ MAIS
www.movimentocountry.com



cantor sertanejo Eduardo Costa se envolveu em muitas polêmicas nos últimos anos, que foram desde a sua saída do “Cabaré ao apoio desmedido a Jair Bolsonaro. Entre estes, um dos principais assuntos que o manteve nos noticiários foi um processo de estelionato na venda de uma mansão milionária em Minas Gerais.

 Receba as últimas notícias sobre a música sertaneja em nosso canal do WhatsApp

A denúncia de estelionato contra Eduardo Costa se deve à venda de uma mansão milionária em Capitólio, no sul de Minas, avaliada em R$ 7 milhões. Na ocasião, o cantor trocou a mansão em outra ainda maior em Belo Horizonte, na Região da Pampulha, que custava cerca de R$ 9 milhões.

A troca das mansões foi feita entre Eduardo Costa e um casal, mas quando os compradores tentaram registrar o imóvel do sertanejo, que tem cerca de 4 mil metros quadrados, descobriram que a mansão estava sendo alvo de uma investigação da Justiça de Minas Gerais por estar construída em uma área de preservação ambiental.

Ministério Público Federal (MPF) já havia pedido demolição parcial do terreno antes da venda, o que não aconteceu. Quando descobriu que comprou a mansão de Eduardo Costa com pendências na Justiça, o casal entrou com um processo contra o sertanejo por fraude e estelionato, com quem travava uma batalha desde então.

 

Em 2018, o cantor prestou depoimento em Belo Horizonte dizendo que não agiu com má-fé na venda da mansão, e afirmou que o casal comprador sabia que o terreno estava em uma área de preservação permanente. Em contrapartida, o advogado das vítimas afirmou que eles não sabiam do processo que já corria na propriedade.

Eduardo Costa é absolvido em processo de estelionato

A Justiça de Minas Gerais proferiu uma decisão na última terça-feira (7) absolvendo Eduardo Costa da acusação de estelionato. O juiz José Xavier Magalhães Brandão, da 11ª Vara Criminal de Belo Horizonte, proferiu a decisão em favor do cantor sertanejo.

Apesar da alegação de que o cantor sertanejo teria induzido pessoas ao erro, o juiz declarou que os proprietários do imóvel que seria comprado por Eduardo Costa tinham conhecimento de que a propriedade em Capitólio estava envolvida em litígios judiciais.

O juiz afirmou que “ao consultar a matrícula do imóvel dado em pagamento, verificou-se a existência de demanda coletiva judicial, que versava sobre pendências de construções dentro do limite estabelecido por Furnas”. Essa informação, usada como argumento pela defesa do cantor, foi confirmada por testemunhas.

É importante destacar que a decisão é de 1ª Instância e ainda cabe recurso.



Comente esta notícia


65 98119-2325

[email protected]

icon facebook icon twitter icon instagram