SUGESTÃO DE PAUTA | EXPEDIENTE 16 de Junho de 2024


Entretenimento Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2023, 23:52 - A | A

15 de Dezembro de 2023, 23h:52 - A | A

Entretenimento / Famosos

Filho de Solimões é vítima de homofobia e faz relato doloroso: “Não suportam que meu pai me aceita”

O cantor sertanejo Gabeu, filho de Solimões, abriu o jogo sobre os ataques homofóbicos que sofre diariamente e como lida com as situações envolvendo o pai

Movimento Country
CUIABÁ MAIS
www.movimentocountry.com



cantor Gabeu, conhecido no mundo sertanejo por ser o principal representante do “pocnejo“, é filho do renomado Solimões, da dupla Rionegro e Solimões, que recentemente lançaram uma colaboração com Luan Pereira. Abertamente homosexual, o artista resolveu usar suas redes sociais para fazer sobre um desabafo sobre ataques homofóbicos que vem sofrendo.

Em um desabafo sincero, Gabeu abordou a dificuldade que algumas pessoas têm em aceitar o apoio de um pai famoso à identidade de gênero e sexualidade do filho. O cantor sertanejo compartilhou comentários agressivos, incluindo sugestões de que a violência deveria ter sido parte de sua educação:

“Existe um tipo muito específico de lgbtqfóbico que simplesmente não suporta o fato de que o meu pai, sendo quem ele é, não tenha problema com minha sexualidade e minha performance de gênero. É o tipo de gente que comenta coisas assim”, desabafou, mostrando alguns comentários de ódio.

Os ataques sofridos por Gabeu não se limitam ao ambiente online. Ele menciona situações desconfortáveis vivenciadas até mesmo nas ruas, como um episódio em que Solimões prontamente defendeu a orientação sexual do filho diante de um conhecido:

 

“Um dia eu estava com meu pai na rua e ele encontrou um conhecido que me perguntou se eu etava fazendo sucesso entre as mulheres. Meu pai cortou dizendo: ‘Ele gosta de homem’. O cara não sabia o que responder porque ele não esperava que meu pai não tivesse problema com isso. Muito louco, não é? Isso está tão naturalizado no dia a dia que a gente se choca quando a pessoa NÃO é homofóbica”, escreveu Gabeu.



Comente esta notícia


65 98119-2325

[email protected]

icon facebook icon twitter icon instagram