SUGESTÃO DE PAUTA | EXPEDIENTE 22 de Julho de 2024


Geral Quinta-feira, 08 de Fevereiro de 2024, 09:44 - A | A

08 de Fevereiro de 2024, 09h:44 - A | A

Geral / TECNOLOGIA

Novo recurso promete apagar os seus rastros da internet; entenda

A Mozilla revelou um novo serviço destinado a eliminar informações sensíveis dos usuários

TERRA BRASIL NOTÍCIAS
CUIABÁ MAIS
terrabrasilnoticias.com



A Mozilla revelou um novo serviço destinado a eliminar informações sensíveis dos usuários que tenham sido comprometidas na web. Batizado de Mozilla Monitor Plus, esta é a versão paga do anterior Firefox Monitor, que alerta os usuários sobre possíveis vulnerabilidades em seus endereços de e-mail. O plano de assinatura está disponível por US$ 8,99 mensais (equivalente a R$ 44,59 na conversão direta) e se propõe a realizar uma monitoração contínua de dados expostos online. Além disso, o serviço afirma ter a capacidade de excluir automaticamente essas informações de páginas suspeitas.

De acordo com a plataforma, essa análise identifica dados vazados em 190 sites que comercializam ilegalmente informações, redes sociais e aplicativos rastreadores de navegadores. O serviço consegue localizar desde nomes e endereços residenciais atuais e anteriores até números de telefone, e dados mais sensíveis, como informações bancárias, números de cartões de crédito, nomes de familiares, histórico criminal, locais escolares dos filhos e até mesmo hobbies. Quando esses dados são encontrados, o próprio serviço tenta removê-los automaticamente.

Um porta-voz da Mozilla informou ao site The Verge que a empresa estabeleceu uma parceria com a Onerep para realizar rastreamentos mensais e solicitar a remoção de dados. Os pedidos levam de 7 a 14 dias para serem processados, e em casos excepcionais, as informações podem não ser removidas. Nessas situações, a empresa continuará a fazer pedidos sucessivos de remoção e fornecerá orientações aos assinantes do plano Plus para tentarem a remoção por conta própria.

 

Se os dados de um usuário forem localizados durante as varreduras do serviço, o Mozilla Monitor Plus enviará uma notificação, informando que as informações foram removidas com sucesso dos sites de venda ilegal. O objetivo dessas verificações mensais é assegurar que as informações pessoais desses usuários permaneçam fora dos mercados de dados. Até o momento, o serviço pago está disponível apenas nos Estados Unidos.

Durante uma busca, a ferramenta exibe a quantidade de dados vazados, categorizados por tipo de informação, e uma lista dos sites que armazenam esses dados. As URLs das páginas e as datas em que os dados foram encontrados são reveladas. Por meio de um menu, a ferramenta permite solicitar a remoção imediata, enquanto um painel mostra o progresso dos casos, possibilitando o acompanhamento de cada pedido. O software também oferece dicas de segurança e destaca quais senhas de e-mail estão mais vulneráveis.

Além da versão paga, o Mozilla Monitor mantém a versão gratuita, que oferece uma única varredura e remoção de dados. Para ter acesso, o usuário precisa fornecer nome, sobrenome, cidade, estado, data de nascimento e e-mail. A Mozilla afirma que essas são as informações mínimas necessárias para realizar uma verificação online, garantindo que as informações são criptografadas e seguem a política de privacidade da empresa. Após o cadastro, é possível descobrir onde os dados foram vazados e onde estão expostos.

Com informações de TechTudo e Mozilla



Comente esta notícia


65 98119-2325

[email protected]

icon facebook icon twitter icon instagram