SUGESTÃO DE PAUTA | EXPEDIENTE 21 de Julho de 2024


Opinião Segunda-feira, 06 de Maio de 2024, 13:14 - A | A

06 de Maio de 2024, 13h:14 - A | A

Opinião / LÍCIO MALHEIROS

Inúmeros besteiróis

Professor Licio Antonio Malheiros

Professor Licio Antonio Malheiros
CUIABÁ MAIS
[email protected]



Levando-se em conta nossa pitoresca realidade contemporânea, até que a quantidade de besteiras ditas e escritas, sobre temas de relevância, como catástrofes naturais; como a ocorrida no Sul do país, com inúmeras vítimas fatais, milhares de pessoas desabrigadas, não encontrando local para ficar.

Felizmente, existe um número mínimo de jornalistas acéfalos, idiotizados, que agem como verdadeiros serviçais de uma equipe de trabalho, com agenda pré-programada, para defender um lado da situação, mesmo que isso, envolvam mortes e destruições.

Explico, diante de uma catástrofe natural sem precedentes, como a ocorrida no estado do Rio Grande do Sul, em função de fortes chuvas, chegando a 75 mortes, além de outros seis óbitos que estão sendo investigados.

Através, de informações, 103 pessoas seguem desaparecidas e155 ficaram feridas, esse mesmo boletim aponta ainda 88.019 despejados. A tragédia já afeta 334 municípios e um total de 780.725 pessoas.

Diante dessa triste tragédia, que nos deixou sentidos e tocados com tantas mortes e destruições. Infelizmente, existem pessoas que tentam passar pano, na situação vivida pelos nossos irmãos do Sul; usando de fala televisiva através do jornalismo parcial, para não dizer jornalismo ativista.

A exemplo, a âncora de uma emissora televisiva, a jornalista Daniela Lima, que em sua fala infeliz e desproporcional a situação vivida pelos nossos irmãos do Sul.

Ela diz “Você precisa entender que ao lado do Sudeste e o Sul, região onde a oposição ao atual governo (leia-se Luiz Inácio Lula da Silva),onde o bolsonarismo encontrou mais força. Eduardo Leite inclusive é ele próprio o nome do (PSDB) hoje que teria condições de estar construindo uma caminhada presidencial, e aí o que ele fez diante do desastre da monta dessa tragédia foi às redes sociais cobrar ajuda, do presidente Luiz Inácio Lula da Silva..................”.

Parei a fala dessa senhora, vexatória, imoral e improcedente, diante de uma catástrofe natural sem procedente; usar viés político partidário, num momento de dor e sofrimento dessa população ordeira e trabalhadora, isso, é uma vergonha.

Em se tratando de besteiróis, a jornalista Daniela Lima não está sozinha, a nossa grande ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, não ficou para traz ao comentar de forma infeliz, leviana, essa triste tragédia.

Ela diz “Se não tivéssemos tido 4 anos de apagão em termos de política climática de política de prevenção, poderíamos estar em outra situação”.Esse apagão, é alusivo ao governo do ex-presidente Bolsonaro.

Só, que a eminente ministra do Meio Ambiente Marina Silva, deve ter sofrido um apagão ou lapso de memória, ao fazer essa afirmativa, desconexa, improcedente, imoral para não diz mais um besteirol.

Ela deve ter se esquecido, que em 2008, no governo Luiz Inácio Lula da Silva, ela era a ministra do Meio Ambiente, e não conseguiu fazer as mudanças possíveis e imagináveis ditas por ela.

Tanto é verdade, que ela apresentou carta de desligamento ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), quase no final do mandato do mesmo; tendo, como motivo central a dificuldade encontrada por ela para prosseguir com a agenda ambiental, ou talvez seja, por excesso de competência. Se passaram 15anos, e ela assume novamente a mesma pasta.

Quem acabou surpreendendo nessa situação calamitosa, foram os anônimos, que estão ajudando muito, com doações, de alimentos, água, materiais de higiene pessoal e por aí vai.

Independentemente, de viés político partidário, toda ajuda para o povo do Sul neste momento é crucial e bem-vinda.

Temos que ressaltar também a ajuda importantíssima, vinda de famosos milionários brasileiros que não mediram esforços para ajudar.

Um deles, Neymar Junior, enviou 10 helicópteros alugados, além de uma soma vultosa em dinheiro, visando minimizar a dor e sofrimento dessas pessoas, que perderam tudo para a enchente, porém não perderam a dignidade.

Felizmente, a população brasileira é solidária. Parabéns

Professor Licio Antonio Malheiros é geógrafo.



Comente esta notícia


65 98119-2325

[email protected]

icon facebook icon twitter icon instagram