SUGESTÃO DE PAUTA | EXPEDIENTE 25 de Junho de 2024


Polícia Sexta-feira, 24 de Novembro de 2023, 21:20 - A | A

24 de Novembro de 2023, 21h:20 - A | A

Polícia / Crimes

Imagens do Vigia Mais MT auxiliam nas investigações dos homicídios no Shopping Popular

Monitoramento público registrou o suspeito atravessando a Avenida Carmindo de Campos, próxima ao local do crime

Fabiana Mendes e Alecy Alves/Sesp-MT
CUIABÁ MAIS
www.sesp.mt.gov.br



Câmeras de segurança do programa Vigia Mais MT, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), estão auxiliando na identificação do suspeito e investigações dos dois homicídios ocorridos no Shopping Popular, em Cuiabá, na manhã desta quinta-feira (23.11).

As câmaras de monitoramento público registraram o suspeito atravessando a Avenida Carmindo de Campos, manuseando algo junto ao corpo, que se supõe ser uma arma de fogo, às 10h38, pouco antes do crime. Também mostram ele em outro ponto da mesma avenida, caminhando sobre a calçada do shopping.

Com o conteúdo de monitoramento do Vigia, somado às imagens do sistema interno do próprio shopping, as Polícias Civil e Militar trabalham nas buscas e investigações visando o esclarecimento e a captura do suspeito do crime.

Naquela região, 29 câmeras monitoram a área externa do shopping Popular e todo o entorno, com alcance de 2,5 quilômetros por comércio e moradias. Os equipamentos foram instalados este ano e as imagens são acompanhadas pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) e via aplicativo de celular.

O secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp-MT, coronel Fernando Tinoco Carneiro, destaca que esse caso e outras ocorrências registradas no interior reforçam a importância da inserção da tecnologia em prol da segurança pública.  

“Lamentamos pelo crime que aconteceu, pela morte de duas pessoas, mas estamos comprovando a importância das câmeras estarem ali. Agora todo o processo de investigação tem provas, imagens que irão servir para uma apuração mais concisa e eficiente. Vai servir para que, de fato, possamos buscar os envolvidos e apresenta-los à justiça, para que possam pagar por seus atos”, diz Cel Fernando.

O secretário adjunto lembra que as imagens capturadas pelas câmaras do Vigia Mais têm um sistema de certificação que as torna provas criminais. Portanto, podem ser anexadas aos processos judiciais como parte do conteúdo de comprovação do crime.



Comente esta notícia


65 98119-2325

[email protected]

icon facebook icon twitter icon instagram