SUGESTÃO DE PAUTA | EXPEDIENTE 16 de Junho de 2024


Polícia Domingo, 05 de Novembro de 2023, 05:07 - A | A

05 de Novembro de 2023, 05h:07 - A | A

Polícia / Segurança

Parceria entre Governo do Estado e instituições privadas reforça segurança em Cuiabá

Programa entrega câmeras de segurança de alta tecnologia por meio de termo de cooperação

Fabiana Mendes/Sesp
CUIABÁ MAIS
www.sesp.mt.gov.br



A parceria entre o Governo do Estado e entes privados está proporcionando mais segurança à população de Cuiabá. Habilitados ao programa Vigia Mais MT, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), empresas, associações e condomínios receberam câmeras de videomonitoramento, que são instaladas nas áreas externas das instituições e logradouros públicos, beneficiando toda a comunidade do entorno. 

O programa Vigia Mais MT entrega câmeras de segurança de alta tecnologia por meio da assinatura de um termo de cooperação aos municípios e outras instituições. A partir do investimento de R$ 5,6 milhões, o Governo do Estado disponibilizou 3.932 dispositivos para Cuiabá. A empresa Dimel Iluminação, localizada na avenida Miguel Sutil, está entre os 20 projetos privados habilitados ao programa. Hotéis, condomínios e empresas do ramo de comércio e agronegócio integram essa lista. 

Ao fazer a retirada das câmeras de alta tecnologia na quarta-feira (01.11), o diretor da Dimel Iluminação, João Davi, destacou a importância da união entre a iniciativa privada e pública.

“Essa parceria é interessante para cooperar com a segurança da cidade. Estamos na região da Avenida Miguel Sutil todos os dias e essa fiscalização vai ser importante para monitoramento e aprimoramento da segurança”, pontuou.

O Vigia Mais MT auxilia as ações policiais, facilitando a análise e a tomada de decisões estratégicas e operacionais, gerando resultados positivos para a redução da criminalidade e otimização de recursos. Em todo estado foram investidos R$ 30 milhões para distribuição de 15 mil câmeras fixas, speed domes e OCRs (que permitem a leitura de placas de veículos). Além das câmeras, Governo do Estado oferta gratuitamente o nobreak, switch e armários. Aos municípios caberão os custos da instalação e manutenção dos equipamentos.

Dos 142 municípios mato-grossenses, 117 fizeram adesão e 104 já fizeram a retirada dos dispositivos. Também fazem parte do programa 7 secretarias estaduais. Das 15 mil câmeras, 6.658 mil já foram entregues e 1.010 estão em funcionamento, podendo ser acompanhadas em tempo real pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) e via aplicativo de celular. 

O superintendente do Ciosp, delegado Cláudio Álvares, salientou que a união com setores privados é fundamental para a Segurança Pública.

"A partir das parcerias firmadas na Capital, vamos reforçar a segurança na área central, na industrial, em pontos tradicionais e em agroestradas”, afirmou.

Podem se habilitar ao programa entes públicos, privados, pessoas físicas, jurídicas, órgãos, entidades, conselhos, associações comerciais da administração pública federal, estadual e municipal, além de consórcios públicos intermunicipais.

Os critérios para definição do número de câmeras levam em conta a população, renda per capita e os índices criminais. Já os pontos de instalação são definidos a partir de estudo e análises de dados criminais e planos de ações estratégicas feitos pelos órgãos de segurança pública.



Comente esta notícia


65 98119-2325

[email protected]

icon facebook icon twitter icon instagram