SUGESTÃO DE PAUTA | EXPEDIENTE 22 de Junho de 2024


Política Sábado, 23 de Dezembro de 2023, 16:14 - A | A

23 de Dezembro de 2023, 16h:14 - A | A

Política / Curiosidades

Saiba quais são os grupos por trás do Choquei

O perfil de fofoca Choquei tornou-se um dos principais assuntos da internet nesta sexta-feira, 22, em razão de uma tragédia.

Terra Brasil Notícias
CUIABÁ MAIS
www.terrabrasilnoticias.com



O perfil de fofoca Choquei tornou-se um dos principais assuntos da internet nesta sexta-feira, 22, em razão de uma tragédia.

As páginas do grupo, com mais de 30 milhões de seguidores nas redes sociais, disseminaram imagens falsas de uma suposta troca de mensagens amorosas entre Vitória Canedo, de 22 anos, e o humorista Whindersson Nunes. Ambos os personagens dessa história negaram ter relação

A jovem, que morava em Araguari, no interior de Minas Gerais, tinha histórico de depressão e sucumbiu à enxurrada de fake news. Cometeu suicídio. 

Mesmo depois de o assunto ter repercussão nas redes sociais, a página de fofoca seguiu com suas publicações. Somente apagou o post que continha informações falsas, mas não houve retratação. Depois, o Choquei informou seus seguidores sobre a morte de Jéssica.

Chamou atenção do público o fato de o Choquei seguir com suas publicações em escala industrial, apesar da tragédia que envolveu a jovem mineira. Essa prática é comum nos grandes perfis de fofoca, gerenciados pela agência especializada em entretenimento Mynd8. A Banca Digital, braço de marketing desta última empresa, é o cérebro por trás da divulgação dos conteúdos virais.

Como funciona o Choquei e a indústria dos perfis de fofoca

 

“Por trás das fofocas e da aparente frivolidade estão milionárias verbas publicitárias de grandes empresas, cada vez mais destinadas a canais digitais, assim como uma rede de perfis capaz de pautar a internet brasileira”, revelou o site Núcleo Jornalismo, em reportagem publicada em julho de 2022. “Para os anunciantes, a Banca Digital se define como a forma perfeita da sua marca fazer parte das conversas mais virais do momento.”

A Amazon, a Ambev, a Heinz e o Mercado Livre, por exemplo, compõem o elenco de clientes da Mynd8. Essas companhias buscam engajamento com os mais de 80 milhões de seguidores disponíveis na carteira da agência de entretenimento, distribuídos em dezenas de perfis. O Choquei é apenas um deles, mas há diversos outros, como Alfinetei, Otariano, Gossipdodia, Alfineteiteen, Letsgossip, Cutucas, Babados, RainhaMatos, CentralDaFama, Babados, XuxaNave, Fuxiquei, MemesTwitter e Babadeira, entre outros.

 

Esses perfis são responsáveis por divulgar conteúdos similares e ideologicamente alinhados — à esquerda. Um levantamento da Aos Fatos e do Núcleo Jornalismo, também elaborado no ano passado, mostrou que aproximadamente a metade de todas as publicações no Instagram por 24 perfis da Banca Digital apareceu em mais de um perfil. O estudo leva em consideração os posts de 5 a 12 de junho de 2022.

“As páginas fizeram 1.472 postagens no período, das quais 694 (47,1%) se repetiram”, diz o texto. “O levantamento considerou como repetidas postagens sobre um mesmo assunto, fato ou evento que apareceram em mais de um perfil com legendas ou imagens semelhantes.”

 

Ao todo, 194 assuntos foram compartilhados repetidamente, e cada uma apareceu em entre 3 e 4 perfis, em média.

Ao ser indagada se interferia nos assuntos a serem divulgados ao público, a agência de marketing negou. “A Banca Digital conta, hoje, com um time comercial completo, ficando à frente de todas as negociações publicitárias junto aos perfis, porém sem interferência editorial”, afirmou, em julho do ano passado.

No entanto, o dono do Choquei, Raphael Sousa, disse à revista piauí que decidiu não renovar o contrato com a Banca Digital porque gostaria de ter mais controle sobre os negócios. O acordo teria acabado em dezembro de 2021, mas, até julho do ano seguinte, o Choquei ainda aparecia no site da Banca Digital como um dos associados.

“Sousa decidiu não renovar o contrato porque todo trabalho precisaria ser intermediado pela Banca Digital”, diz a reportagem. “Antes, ele tinha autonomia para negociar sozinho os cachês de ‘presenças VIP’ e acompanhar a gravação de DVDs de artistas, por exemplo.”

Parceiro de Janja, apoiador do governo Lula

Embora se dedique ao entretenimento e à fofoca, o Choquei tem na política seu carro-chefe. O perfil é conhecido por divulgar mensagens positivas sobre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A história começou antes da eleição e se estende até os dias de hoje.

Reportagem publicada pela revista piauí, em 1º de novembro do ano passado, mostra a relação próxima entre Raphael Sousa, criador da página, e a futura primeira-dama, Janja.

“A futura primeira-dama se tornou fonte do fotógrafo goiano Raphael Sousa, de 28 anos, fundador do Choquei”, diz a reportagem. “Os dois se aproximaram, e Janja também o convidou para subir no carro de som oficial na Avenida Paulista para acompanhar o discurso da vitória de Lula, mas Sousa não pôde ir por estar fora da cidade. Segundo ele, a relação dos dois nasceu por mensagens diretas via Instagram no primeiro semestre, quando o perfil especializado no mundo dos famosos despontava em outra seara.”

Pelo Twitter é possível ver que Janja seguia o Choquei e interagia com o perfil, por meio de likes e comentários em publicações. Apesar de dizer que é desinteressado por política, Sousa compartilha conteúdos avessos ao ex-presidente Jair Bolsonaro. “Na verdade, me posiciono contra o presidente Bolsonaro, em razão da má gestão da pandemia”, explicou Sousa à piauí.

Em outro momento, o dono do Choquei participou de uma live no canal de esquerda Diário do Centro do Mundo.

Outro integrante do Choquei também tem relações amigáveis com o Partido dos Trabalhadores. Trata-se Edson José da Silva Júnior, ou Júnior Silva, que chegou a receber uma homenagem na Câmara de Nova Andradina, no Ceará.

“Durante a campanha eleitoral em 2022, Júnior teve a oportunidade de conhecer o candidato à Presidência da República Luiz Inácio Lula da Silva, por meio de um contato direto realizado entre o jornalista e Janja, que é seguidora do perfil da Choquei no Instagram”, relata a Câmara de Nova Andradina. “Em junho de 2022, algo que até então era um sonho para o jovem jornalista Júnior se tornou realidade, teve a oportunidade ímpar de conhecer Lula e Janja na capital brasileira.”

Jovem cometeu suicídio depois de fake news da Choquei

Jéssica Vitória Canedo, de 22 anos, cometeu suicídio nesta sexta-feira, em Minas Gerais. Dias atrás, a jovem se tornou alvo de notícias falsas, divulgadas pelo perfil de fofoca Choquei, no Twitter/X. Ela será velada em Araguari, no interior do Estado.

Conhecido por compartilhar informações sem checagem, o Choquei divulgou imagens de supostos diálogos amorosos entre Jéssica e o humorista Whindersson Nunes. Os dois negaram ter relação.

“Não faço ideia de quem seja essa moça, e isso é um print fake”, disse Whindersson, na ocasião. “Isso já passou do limite”, escreveu a jovem, no Instagram, dias antes de tirar a própria vida.

Raphael Sousa, um dos donos do Choquei, debochou do texto de Jéssica, por supostamente ser longo. “Avisa para ela que a redação do Enem já passou”, disse. “Pelo amor de Deus!” Depois da repercussão do caso, Sousa apagou seu perfil.

Ines Oliveira, mãe de Jéssica, chegou a gravar um vídeo para pedir à página de fofoca que deixasse de compartilhar informações falsas sobre a filha. Nada adiantou.

Fonte: Revista Oeste.



Comente esta notícia


65 98119-2325

[email protected]

icon facebook icon twitter icon instagram