SUGESTÃO DE PAUTA | EXPEDIENTE 13 de Julho de 2024


Turismo e Cultura Quinta-feira, 25 de Abril de 2024, 05:30 - A | A

25 de Abril de 2024, 05h:30 - A | A

Turismo e Cultura / FIT PANTANAL

Em plena expansão, FIT Pantanal 2024 ajudará a impulsionar turismo em Mato Grosso

FECOMERCIO MT
CUIABÁ MAIS
[email protected]



O setor de turismo em Mato Grosso contribuiu com R$ 91,7 milhões em arrecadação do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e R$ 41,5 milhões em ISSQN para os municipais em 2023. Os números mostram expansão de 25,1% sobre o ICMS e de 39% para o ISSQN sobre 2022, segundo dados do Observatório do Turismo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec).

Para aproveitar esse boom econômico que o setor vem apresentando, a Fecomércio-MT e o Governo do Estado, por meio da Sedec, realizaram, nesta segunda-feira (22), no Sesc Arsenal, em Cuiabá, o lançamento de mais uma edição do maior evento de turismo do Centro-Oeste, a FIT Pantanal 2024, que acontece do dia 30 de maio a 2 de junho, no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá. A previsão é atrair, durante os quatro dias de evento, cerca de 75 mil pessoas.

Com o tema "Turismo, Eventos, Agro e Negócios", a feira conta com extensa programação envolvendo o apoio de instituições como a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e Prefeitura de Cuiabá, além da parceria com as entidades Sebrae-MT, Seaf-MT, Empaer-MT e trade turístico.

Pelo Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IPF-MT, serão oferecidos ao público, que no ano passado somou mais de 50 mil pessoas durante o evento, atrações culturais, serviços de saúde e gastronomia e oferta de cursos profissionalizantes na área turística, além de um estande tecnológico e inovador.

Para o presidente do Sistema Comércio no estado, José Wenceslau de Souza Júnior, a possibilidade de realizar o evento fomenta toda uma cadeia produtiva, beneficiando centenas de atividades econômicas diretamente ou indiretamente ligadas ao turismo. "Realizar a FIT Pantanal é mais do que mostrar o que temos de melhor no turismo. É fomentar negócios para empreendedores do turismo de todos os tamanhos: desde as agências, os hotéis, os restaurantes, até o agricultor familiar que vende sua colheita na feira aqui do Arsenal, e os organizadores de eventos", afirmou Wenceslau Júnior, ao lembrar do papel Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade da Fecomércio-MT na concretização da feira.

Entre a programação, está a Rodada de Negócios do Sebrae Mato Grosso, que somente no ano passado, gerou uma expectativa de volume de negociações nacionais na ordem de R$ 10,2 milhões e de US$ 262 mil com operadores internacionais. A ação tem o objetivo de apresentar novos produtos turísticos do estado e firmar parcerias entre empresários do trade turístico local, com operadores nacionais e internacionais.

Novamente haverá a participação da agricultura familiar, que levou mais de 50 expositores no ano passado, entre associações e cooperativas de agricultores, que gerou um faturamento de R$ 350 mil com a comercialização de mais de 2,3 mil produtos. Espera-se, nesta edição, uma maior participação de associações e cooperativas de agricultores, que englobam representantes das comunidades tradicionais, assentados, quilombolas, indígenas e povos da floresta.

Com a Aldeia do Conhecimento, uma extensa programação será ofertada aos visitantes e interessados, por meio de capacitações, mesas redondas, palestras, workshops, painéis e oficinas promovidas por diversas entidades. A diretora superintendente do Sebrae-MT, Lélia Bruhn, destacou a parceria da entidade em todas as edições da feira.

"Desde o início da FIT Pantanal que o Sebrae Mato Grosso se faz presente, sendo parceiro e ajudando a desenvolver produtos e roteiros turísticos com empresas em diversos municípios do estado. Além disso, com a Aldeia do Conhecimento, a nossa entidade vai promover encontros com o trade turístico, fomentando um setor em plena expansão no estado", reforçou Lélia Bruhn.

A programação da Aldeia do Conhecimento inclui, ainda, palestras com temas como: Redes Sociais como estratégia de mercado para pessoas artesãs; Agrotour tech: descubra as novas fronteiras do turismo agro tecnológico; Turismo rural - caminhadas na natureza como Estratégia para o Turismo rural consciente e Turismo Rural Regenerativo; Produção de eventos: como evitar problemas; Atuação em evento: vocação ou talento, entre outros.

Para o secretário adjunto de Turismo do Estado, Felipe Wellaton, a parceria do governo, que investiu R$ 3,9 milhões na realização do evento deste ano, busca incentivar a atuação das empresas ligadas ao turística em todo estado. "Vamos divulgar as belezas naturais de mais de 35 municípios durante a feira, mostrando suas potencialidades para que, com isso, consigamos atrair mais turistas, tornando nosso estado mais rico, juntamente com as empresas que atuam dentro dessas localidades".



Comente esta notícia


65 98119-2325

[email protected]

icon facebook icon twitter icon instagram